Presidente da França recebe ilustração de One Piece feita por Eiichiro Oda

Apaixonado por One Piece, como expresso na legenda da publicação, o presidente francês Emmanuel Macron exibiu orgulhosamente uma ilustração original feita pelo mangaká Eiichiro Oda.

Na imagem, além dos personagens mais populares, há uma dedicatória para o político e todos os fãs da obra no país.

As 5 melhores mágicas do mundo na opinião de um profissional

Mágica, mentalismo e hipnose são assuntos mais do que habituais para Nicolas Junqueira, conhecido como O Neuromágico. Seu currículo na área é bastante extenso, somando apresentações na TV, vitórias em concursos, palestras e shows por todo Brasil.

Então me diz, quem melhor do que um cara com esse cacife para listar os maiores truques já feitos?!

Jiban tem episódios liberados oficialmente no YouTube

Televisionada no Brasil pela primeira vez em 1990, a série do Policial de Aço (que não é o RoboCop) acaba de ser ofertada pela Sato Company, detentora dos direitos, com legendas em português.

No total, foram 30 episódios adicionados ao canal TokuSato. O primeiro deles você confere logo abaixo:

No Japão, até as tampas de bueiro são otakus!

Poké Lids
Parte integrante da cultura japonesa, as tampas de bueiro artísticas estão desde 1980 decorando as cidades. Na época, as figuras eram inspiradas na própria cultural da região, refletindo mitologia e história.

Com o passar dos anos, novos elementos foram sendo incorporados, entre eles os personagens de animes, afinal, pouquíssimas coisas remetem tanto ao país!

Se liga em algumas das arte mais iradas:

Personagens de One Piece vão parar em JoJo's Bizarre Adventure

Aficionado por One Piece, o usuário do Twitter @K16416 publica diversas ilustrações dos piratas, normalmente com traços bem distintos do que estamos acostumados.

Por aqui vemos Crocodile, Boa Hancock, Charlotte Katakuri, Nico Robin e Donquixote Doflamingo com estetica inspirada em JoJo's Bizarre Adventure, além da introdução de uma Stand para cada personagem!

Rua do Medo: 1978 e 1666 trabalham os pontos fracos do primeiro filme

Cartaz da trilogia Rua do Medo
Fechando a crítica da trilogia, Rua do Medo: 1978 - Parte 2 e Rua do Medo: 1666 - Parte 3 acabaram em um único texto, até mesmo pelo fato do terceiro filme se dividir entre continuação do segundo e do primeiro (nessa ordem), passeando pela linha do tempo e amarrando pontas.

Então sem mais delongas, ao papo que realmente interessa!